domingo, 13 de abril de 2008

Loja Vide Bula Shopping Del Rey

Loja Vide Bula Shopping Del Rey. Bom... por se tratar de um shopping a tarefa de se fazer fotos do resinto se torna mais complexa, logo isso teve que ser feito pelo grupo com celular de forma discreta, o que comprometeu a qualidade das fotos e ângulos desejados.

História

"Criada em 1982, a Vide Bula ficou conhecida pela irreverência que marcou as coleções da nova grife. O sucesso na venda à varejo levou à criação da Vide Bula – Fábrica, que fez aumentar o número de clientes multimarcas, hoje mais de 1200 pontos de venda em todo o Brasil.

As coleções da Vide Bula se inspiram no comportamento e encantam pelo inesperado das combinações, pela ousadia do jogo de cores e formas e pela total e imediata identificação com o público jovem e irreverente. Hoje, consagrada nacionalmente, se encontra no Calendário Oficial da Moda Brasileira - São Paulo Fashion Week. Com passos voltados a exportação, a Vide Bula confirma a qualidade e o sucesso dos seus produtos no exterior pelo seu design diferenciado." (dados site)





Fotos feitas por Patrícia

A loja
Uma loja em um shopping mas que parece a rua de um grande centro, assim podemos definir a Vide Bula visitada. A loja apresenta uma vitrina de vidro cobrindo toda a extensão da entrada contendo manequins usando roupas da marca, além de roupas dobradas ou soltas no chão, e penduradas por dispositivos prendedores de vidro por pressão.

A identificação da loja se dá por uma placa circular com o nome da mesma disposta de forma a sair de sobre a entrada, sendo segurada por uma placa cilíndrica de metal.
Logo que entramos temos o chão de pedra de calçamento de rua, e a parede da esquerda de quem entra revestido de bloco de cimento resinado com terminações irregulares na parte superior simulando muros de grandes centros. A parede da direita é coberta com forro de madeira em toda sua extensão e distribuídos por ela temos prateleiras indo do chão a uma altura aproximada de 1,80m, onde se encontram os jeans dobrados e organizados. Na esquerda as prateleiras estão na parte mais alta enquanto abaixo encontram-se roupas penduradas em cabides, camisetas na maioria. Ainda sobre a disposição dos produtos esses se encontram em carrinhos com rodas distribuídos ao longo da loja, de altura aproximada 80cm funcionando como ilha, bem como outros com cerca de 1,60m com roupas penduradas em cabides, que segundo vendedora não tem sua disposição alterada. Cabe ainda salientar que todas as prateleiras são de madeira rústica com aspecto desgastado, assim como o balcão de atendimento ao centro/fundo da loja.

Sobre as paredes há painéis outdoor em tamanho real, sendo dois a direita e três a esquerda contendo anuncios de produtos da loja e da marca, em sequencia dois ou três outdoors formam a imagem. Segundo vendedora os outdoors são alterados de acordo com a estação do ano.

As colunas de sustentação da loja e do shopping, assim como parte do fundo da loja foram revestido com metal com aspecto enferrujado, o teto original do shopping aparece em concreto, armações em arame em vários locais, já a tubulação de água, grandes parafusos prendendo portas e a tubulação de ar condicionado são visíveis no teto . Todas as portas de acesso ao interior da loja, a locais de estoque de produtos e aos provadores são trabalhados de forma que não parecem portas, mas cobertos com espelhos e metal com o mesmo aspecto de ferrugem. Há na loja poltronas que são cobertas com capas de jeans, junto há prateleiras também rústicas de acessórios, e ao fundo quatro televisores instalados em estrutura de metal que passam videoclipes.

A iluminação se dá por meio de holofotes que estão presentes desde a vitrina valorizando os produtos como no interior da loja.

Um aspecto interessante e marcante da Vide Bula visitada são seus dois aviões reais de caça pendurados ao teto por cabos de aço simulando vôo, dando um aspecto ainda mais urbano ao ambiente, onde tudo, desde a entrada em chão de calçamento, o muro de bloco de concreto, os holofotes, os outdoors, o teto descoberto e a ferrugem nos dá a experiencia e a ambientação de não estar num shopping mas em um centro urbano, aliado a todos esses elementos há uma música ambientação em ritmo acelerado.

Os vendedores não tem uniformes padrão estando vestidos de formas diversas que se passam por clientes quase que despercebidamente. Alguns se vestem de forma mais comuns já outros mais ousados. Quando entramos na loja o vendedor não nos aborda logo na entrada, o cliente entra e fica à vontade e algum tempo depois o vendedor(a) se aproxima e de dispõe caso o cliente precise dele. Na visita observou-se também que após a compra o cliente é acompanhado pelo vendedor até a porta e esse carrega sua sacola até nessa, onde cortesialmente lhe entrega a sacola e esse sai da loja. O tempo de permanência de clientes na loja não é muito extenso pelas observações, eles entram, experimentam e levam, o entrar e sair de pessoas da loja é constante e não intenso.

Uma loja já a algum tempo no local, a Vide Bula propicia a seu público, a experiencia sensorial de um grande centro urbano, trazendo para dentro do espaço shopping um pedaço de grande centro com todos os seus elementos.

Nenhum comentário: